PRONTO PARA

ACELERAR

               MUITO?

DÚVIDAS OU

PROBLEMAS?

ACESSE O

WHATSAPP AQUI!

WhatsApp-icone.png

DÚVIDAS OU

PROBLEMAS?

ACESSE O

WHATSAPP AQUI!

DÚVIDAS OU

PROBLEMAS?

ACESSE O

WHATSAPP AQUI!

DÚVIDAS OU

PROBLEMAS?

ACESSE O

WHATSAPP AQUI!

Vamos acelerar nos circuitos do game

COMO AS PARTIDAS SERÃO DIVIDIDAS EM CATEGORIAS, 

TEREMOS CAMPEÕES DOS CONSOLES

PRÊMIOS

Gift cards 

1º lugar R$ 600,00

2º lugar R$ 400,00

3 º lugar R$ 200,00

controlador de video game

ASSOCIADOS DE UM DOS CLUBES ABAIXO

Alphaville Tênis Clube
Anhembi Tênis Clube
Circulo Militar de São Paulo
Clube Alto dos Pinheiros

Clube Atlético Monte Libano

Club Athlético Paulistano
Clube de Campo São Paulo
Clube Esportivo Helvetia
Clube Hebraica
Clube Paineiras do Morumby
Esporte Clube Pinheiros
Esporte Clube Sírio
Ipê Clube

Jockey Club de São Paulo
Sociedade Harmonia de Tênis
Spac

QUEM ESTÁ PARTICIPANDO

 
 

TORNEIO

INSCRIÇÃO

PREENCHA SUA INSCRIÇÃO ABAIXO 
Qual game que você jogará?
Qual o console que você jogará?
arrow&v
 
 

 REGULAMENTO GERAL DAS COMPETIÇÕES

• Automobilismo Virtual: F12019

• Campeonato formato soma geral de pontos

• As provas serão realizadas em datas e horários específicos, é obrigatório jogar nessas datas e horários.

• Não é possível reagendar horários de provas por parte dos participantes, o não comparecimento para as provas nos horários
    e datas determinadas acarretará em eliminação do campeonato.

• Todos os participantes devem entrar na sala/lobby e fazer check in em no mínimo 15 minutos antes do horário oficial da
   corrida.

• Em casos de queda de internet durante as voltas de classificação será possível que o participante retorne a sala

• Em casos de queda de internet durante a prova não será possível retornar a corrida

• Todos os participantes da plataforma PS4  devem adicionar a PSN: brandoffgaming

• Todos os participantes da plataforma Xbox One  devem adicionar a Gamertag: RedDeadEddie

 

CAPÍTULO I 

 

MODULO PRELIMINAR

 

A FTA e-Sports juntamente com a Brandoff e-Sports organizará  competições on-line e sediará torneios nacionais Inter Clubes, denominada de Esportes Eletrônicos.

Art. 1º - O Regulamento Geral de Competições (“Regulamento”) estabelece os direitos, obrigações e responsabilidades de todos os Clubes Participantes (“Participantes”)da FTA -eSports e da Brandoff e-Sports. As competições oficiais coordenadas pela FTA e-Sports e a Brandoff e-Sports, doravante denominadas apenas competições, reger-se-ão pelo presente regulamento.  

Art. 2º - Todas as competições estão subordinadas aos dois regulamentos, abaixo identificados, os quais se completam mutuamente:

1) O REC - Regulamento Específico da Competição, que trata do sistema de disputa e demais assuntos específicos de uma determinada competição;

2) O RGC - Regulamento Geral das Competições, que trata dos assuntos comuns a todas as competições coordenadas pela  FTA e-Sports e a Brandoff e-Sports.

Parágrafo único: Para efeito da base normativa das competições, REC e RGC funcionam como se fossem um único regulamento.  

Art. 3º - As seguintes diretrizes normativas deverão ser consideradas para todas as competições, sem prejuízo da legislação aplicável:

1) As regras do jogo, conforme base nas regras das principais competições internacionais no mundo (WCG, ESWC, ESL, MLG e IESF) de eSports, tentando ser o mais adequado às nossas necessidades;

2) As normas da FTA e-Sports;

3) As normas da Brandoff e-Sports;

4) O Código de Ética e Disciplinar entre Clubes;

5) O Corpo de capitães associados.  

Este Regulamento foi elaborado pela Brandoff e-Sports de forma a garantir os princípios da integridade, continuidade e estabilidade das competições, do fair play (jogo limpo) desportivo, da imparcialidade, da verdade e da segurança desportiva, procurando assegurar a imprevisibilidade dos resultados, a igualdade de oportunidades, o equilíbrio das disputas e a credibilidade de todos envolvidos na competição.

Parágrafo Primeiro - As competições organizadas pela FTA e-Sports e a  Brandoff e-Sports  exigem a colaboração de todos os envolvidos de forma a prevenir comportamentos antiesportivos, particularmente violência, doping, corrupção, racismo, xenofobia ou qualquer outra forma de discriminação no mundo real ou virtual.

Parágrafo Segundo - Os participantes  da Brandoff e-Sports ao confirmarem suas respectivas Associações inicialmente via site www.brandoffesports.com e Compromisso da competição, reconhecem que assim o fazem de forma voluntária e, portanto, aceitam cumprir e submetem-se integralmente a esse Regulamento.

 

CAPÍTULO II

MODULO ADMINISTRATIVO

Art. 4º - Compete à Brandoff e-Sports:

1) Coordenar as competições por ela programadas; 2) Autorizar a exploração comercial de publicidade estática ou equivalente nas arenas físicas virtuais e sites parceiros ou associados, exceto nos casos que envolvam contratos firmados por terceiros, com a anuência da Brandoff e-Sports; 3) Aprovar ações de divulgação de campanhas e outros do gênero, que sejam realizáveis antes e após as partidas, desde que mediante solicitação formal da parte interessada; 4) Autorizar a inclusão das partidas das competições em prognósticos de concurso esportivo; 5) Autorizar, de forma prévia e expressa, a transmissão por TV ou canal on-line das partidas das competições, de forma direta ou por videotape, salvo se o assunto estiver formalmente definido através de contrato firmado entre as partes legitimamente envolvidas, com a anuência da Brandoff e-Sports;

 

Art. 5º - Compete à DCO:

1) Promover as ações necessárias à realização das competições; 2) Elaborar e fazer cumprir o Calendário das Competições; 3) Elaborar e fazer cumprir o Regulamento Geral das Competições; 4) Elaborar e fazer cumprir, em cada caso, o Regulamento Específico da Competição; 5) Elaborar e fazer cumprir em cada caso, a tabela das competições; 6) Encaminhar para análise as súmulas (prints), relatórios das partidas, vídeos e outras informações técnicas necessárias; 7) Supervisionar as atividades de sugestões e reclamações das Competições; 8) Decidir sobre os pedidos dos clubes participantes das competições para, no curso destas, realizarem partidas amistosas; 11) Autorizar a realização de competições internacionais, em conjunto com a comunidade interessada; 12) Desenvolver e executar projetos especiais voltados para o desenvolvimento das competições e para assuntos técnicos do interesse da FTA e-Sports e Brandoff e-Sports;

Parágrafo Primeiro - A FTA e-Sports e a Brandoff e-Sports exercerão a direção de quaisquer eventos em sua plataforma, com faculdades para resolver todas as questões que sejam necessárias. Entre suas competências encontram-se a de exercer o controle, organização e direção das partidas, instruindo devidamente suas comissões, oficiais e funcionários e auxiliares a fim de garantir seu desenvolvimento.

Parágrafo Segundo - Além disso, a FTA  e-Sports e a Brandoff e-Sports serão as únicas competentes para estabelecerem todas as obrigações, diretrizes e instruções que devem ser cumpridas pelos clubes participantes sobre todos os aspectos das competições, incluindo os relativos ao protocolo, direitos comerciais, publicidade, imprensa, credenciamento, etc. 

 

 

Art. 6º - Compete aos Parceiros Associados:

1) Informar à FTA e-Sports e a Brandoff e-Sports, até 2 dias antes do início das competições, os possíveis impedimentos que estejam associados e sob sua jurisdição;

2)   Comunicar à FTA e-Sports e a Brandoff e-Sports à ocorrência de anormalidades relacionadas a partida; 

3)  Encaminhar a Brandoff e-Sports através do site ou app Brandoff e-Sports, mensagem eletrônica (e-mail) ou qualquer serviço de comunicação rápida, o Relatório (reports) do Jogo, até 24h após a partida.  

CAPÍTULO III 

MODULO TÉCNICO

Art. 7º - O calendário da  Brandoff e-Sports, consideradas todas as suas datas, prevalecerá sobre os de quaisquer certames, salvo concessão expressa da própria Brandoff e-Sports.

Art. 8º - As disposições relativas ao sistema de disputa das competições, previstas em regulamento não poderão ser alteradas uma vez iniciada a competição.  

Art. 9º - Todas as competições serão regidas pelo sistema de pontos ganhos, observando-se os seguintes critérios:

1)  Três pontos por vitória; 

2) Um ponto por empate; 

Art. 10 - As tabelas das competições somente poderão ser modificadas se obedecidas as seguintes condições:

1)   Reunião perante todos os clubes associados;

2)   Encaminhamento formal da solicitação à DCO, pela parte interessada, observado que:  

a) São consideradas partes diretamente interessadas, o clube mandante, o  Associado mandante e a própria Brandoff e-Sports, através da DCO. b) Também poderá ser considerada como parte interessada um Parceiro Associado outra que não as diretamente envolvidas com a partida e que deseje receber o jogo, cuja solicitação necessariamente deverá ter a prévia concordância do Associado e clube mandantes. 

c) É necessária, em quaisquer dos casos, a análise prévia e aprovação da DCO.  

3)   A solicitação de modificação ter sido encaminhada no prazo de 24hs de antecedência em relação à data da programação original da partida, observado que:  

a) O prazo somente é efetivamente contado a partir da publicação da modificação pela DCO no site ou redes  oficiais da Brandoff e-Sports; b) O prazo não inclui o dia da partida; c) As solicitações encaminhadas no último dia do prazo devem chegar à DCO até às 17:00 horas, tendo em vista a necessidade de um intervalo mínimo para análise e publicação oficial; d) O prazo de 24hs não é observado em caso de motivo de força maior.   

Art. 11 - Qualquer partida, por motivo de força maior, poderá ser remarcada pelo DCO, desde que este o faça até duas horas antes do seu início, dando ciência da sua decisão aos representantes dos clubes interessados;

§ 1º - As partes envolvidas deveram encaminhar um relatório sobre os motivos de anteceder ou do adiamento à DCO, no prazo de 24 horas decorridas da programação original da partida, sendo em comum acordo;

Art. 12 - O DCO é a única autoridade para decidir, a partir de duas horas antes do horário previsto para o início da partida, sobre o seu adiamento, bem como, a respeito da interrupção ou suspensão definitiva de uma partida.  

Art. 13 - Quando a partida for suspensa por quaisquer dos motivos apresentados do presente RGC, assim se procederá após julgamento do processo correspondente pela Brandoff e-Sports:

1)   Se um clube houver dado causa à suspensão e era vencedor da partida será ele declarado perdedor pelo escore de três a zero. 

2)   Se um clube houver dado causa à suspensão e era perdedor, o adversário será declarado vencedor pelo placar de três a zero ou pelo placar do momento da suspensão, prevalecendo o correspondente à maior diferença de gols. 3)   Se a partida estiver empatada, o clube que houver dado causa à suspensão será declarado perdedor, pelo escore de três a zero. 4)   Em quaisquer das situações 1, 2 ou 3 anteriores, se o clube que não tiver dado causa à paralisação estiver dependendo de saldo de gols para objetivos de classificação a fases ou competições seguintes, tal ocorrência será necessariamente encaminhada à Brandoff e-Sports pela DCO.  

Art. 14 - As partidas não iniciadas e as que forem suspensas até os 30 minutos do segundo tempo, pelos motivos identificados, serão realizadas em datas e horários concordantes, , caso tenham cessados os motivos que a adiaram ou a suspenderam, desde que nenhum dos clubes tenha dado causa ao adiamento ou à suspensão da partida em questão.  

§ 1º - Caso uma partida não iniciada não possa ser jogada no dia seguinte, por persistirem os motivos que justificaram o seu adiamento, caberá à DCO marcar nova data para sua realização e dela poderão participar todos os atletas que tenham condições de jogo na nova data marcada para a realização da partida.  

Art. 15 - As partidas que forem interrompidas após os 30 minutos do segundo tempo por motivos de queda de conexão, serão consideradas encerradas, prevalecendo o placar daquele momento, desde que nenhum dos clubes tenha dado causa ao encerramento.  

§ 1º - Os atletas serão identificados através de sua PSN, GT ou Origin;

Art. 16 - Em todas as partidas, salvo acordo entre os clubes disputantes:

§ 1º - O jogador que postar resultados devem colocar suas estatísticas e adversário (gols e assistências), caso contrário não serão tidos em conta;

§ 2º - Obrigatório para todos os participantes colocarem a seus nomes verdadeiros (primeiro e último nome do profissional) para facilitar a atualização das tabelas;

§ 3º - Enviar os resultados após a realização das partidas, ou no máximo até 24h pós jogo;

 

Art. 17 - Qualquer atleta que esteja relacionado para uma partida estará sujeito à verificação de legitimidade, observadas as normas do RGC em vigor.  

 

 

 

 

CAPÍTULO IV 

CONDIÇÃO DE JOGO DO PROFISSIONAL VIRTUAL

Art. 18 - Somente terão condição de jogo os atletas que satisfizerem ao que dispõe este RGC e o REC correspondente.  

Art. 19 - Somente poderão participar das competições os atletas que tenham os seus registros no site e App www.brandoffesports.com, observados os prazos e condições de registro definidos no REC.

§ 1º - O sistema estará disponível 24 horas por dia, todos os dias da semana.  

§ 2º - A publicação eletrônica substitui qualquer outro meio de publicação oficial, para quaisquer efeitos legais.  

CAPÍTULO V

MODULO DISCIPLINAR

Art. 20 - O processo de impugnação da validade da partida ou de seu resultado será processado na www.brandoffesports.com , na forma das disposições da Brandoff e-Sports.

Art. 21 - O procedimento objetivando a anulação da partida ou do seu resultado, seja o de impugnação, queixa, ou outro qualquer, será encaminhado a Brandoff e-Sports.

Art. 22 - A DCO, verificando que um clube incluiu na partida atleta sem condição legal, encaminhará necessária e obrigatoriamente a notícia da infração à Brandoff e-Sports, ao qual competirá a aplicação de pena, nos termos do que dispõe.  

Art. 23 - Independentemente das sanções de natureza regulamentar, expressamente estabelecidas neste RGC, às infrações disciplinares serão processadas e julgadas pela Brandoff e-Sports.

Art.24 - A inobservância ou descumprimento deste regulamento, assim como dos regulamentos de cada competição, sujeitará o infrator às seguintes penalidades:

1)  Advertência; 2)  Multa; 3)  Desligamento da competição.  

Art. 25 - A aplicação das penalidades previstas nos itens 1 e 2 do artigo 43 do presente RGC será de competência da DCO.  

Art. 26 - A pena estipulada no item 3 do artigo 43 do presente RGC serão aplicadas pela Brandoff e-Sports independentemente das sanções disciplinares combinadas pela DCO.  

Art. 27 - Perde a condição de jogo para a partida oficial subsequente da mesma competição, o atleta advertido pelo árbitro a cada cartão vermelho, independentemente da sequência das partidas previstas na tabela da competição.  

§ 1º - O controle de vermelhos recebidos pelo atleta é da exclusiva responsabilidade dos clubes disputantes da competição, não cabendo à Brandoff e-Sports nenhum tipo de obrigação ou responsabilidade nessa contagem, ainda que mantenha um sistema de contagem para o seu necessário controle administrativo.

§ 2º - Na aplicação dos cartões deve prevalecer o seguinte protocolo:

1) Quando um atleta for advertido com o cartão vermelho, implicara em suspensão automática de um jogo; posteriormente for expulso de campo pela segunda vez, ficara suspenso automaticamente por 2 jogos; e assim sucessivamente resultam em impedimento automático crescente.  

Art. 28 - O atleta que for expulso de campo ou do banco de reservas ficará automaticamente impedido de participar da partida subsequente, independentemente de decisão da Brandoff e-Sports no julgamento da infração disciplinar.  

Parágrafo único - Se o julgamento ocorrer após o cumprimento da suspensão automática, sendo o atleta suspenso, deduzir-se-á da pena imposta à partida não disputada em consequência da expulsão.  

Art. 29 - Nenhuma partida poderá ser disputada com menos de seis (06) atletas, por quaisquer dos clubes disputantes.  

§ 1º - Na hipótese do não atendimento ao previsto no presente artigo, será tolerado e aguardará até 30 minutos após a hora marcado para o início da partida, findo os quais o clube regularmente presente será declarado vencedor pelo escore de três a zero.

§ 2º - Se o fato previsto no parágrafo anterior ocorrer com ambos os clubes, os dois serão declarados perdedores pelo escore de três a zero.

§ 3º - O resultado da partida será mantido, na aplicação do parágrafo anterior, se no momento do seu encerramento a equipe adversária estiver vencendo a partida, por um placar igual ou superior a três a zero; tal não ocorrendo, o resultado considerado será de três a zero para a equipe adversária;

Parágrafo único - Os documentos da partida serão encaminhados à Brandoff e-Sports para verificação da ocorrência de infração disciplinar.  

Art. 30 - Para efeito de possíveis penalidades por atraso da partida, a serem aplicadas pela DCO, caberá ao solicitante, identificar os responsáveis pelo atraso no início e/ou reinicio das partidas, bem como informar o tempo e as causas correspondentes a tais atrasos.  

Art. 31 - No caso de uma equipe não se apresentar em campo para uma partida previamente programada, o seu adversário será declarado vencedor pelo placar de três a zero.  

Art. 32 - O jogador que estiver disputando uma competição e for suspenso pela Brandoff e-Sports, perderá os pontos das partidas que deveriam ser disputadas durante o período da suspensão e, decorrido o período, disputará normalmente as demais partidas.  

Art. 33 - Quando um jogador for declarado vencedor da partida por decisão da Brandoff e-Sports, a definição do placar corresponderá pelo placar de três a zero.  

Art. 34 - Para o jogador  que for punido pela Brandoff e-Sports por abandono de campeonato, no caso de campeonato de pontos corridos, serão considerados sem efeito todos os resultados até então conquistados pelo clube.  

§ 1º - Se o abandono ocorrer apenas nas três últimas rodadas, as partidas correspondentes serão consideradas perdidas, à semelhança dos casos de não comparecimento do clube a campo, prevalecendo os demais resultados.  

§ 2º - Se o abandono ocorrer em competição de caráter eliminatório, o jogador será desclassificado da competição e assim, substituído pelo jogador por ele eliminado.  

§ 3º - Para o caso de competição com fases de pontos corridos e fases eliminatórias, prevalecerá à situação aplicável à fase em que o abandono ocorrer.  

Art. 35 - Quando ao final de uma competição uma penalidade de perda de pontos for aplicada pela DCO ao jogador restar pendente, tal pena deverá ser cumprida em competição subsequente da mesma natureza, assim entendido como certame modelo copa ou modelo campeonato, conforme o caso, necessariamente dentre as competições coordenadas pela  FTA e-Sports e a Brandoff e-Sports.

Art. 36 - qualquer dúvida, controvérsia ou  discussao serão dirimidas e decididas por uma comissão formada por 2 membros da Acesc e 2 da FTA e a decisão será final .

   

     

 

GLOSSÁRIO RGC/2020

 

DCO - Diretoria de Competições da Brandoff e-Sports 

REC - Regulamento Específico da Competição

RGC - Regulamento Geral das Competições

REGULAMENTO

© 2023 por FTABrasil E-sports. Orgulhosamente criado pelo Clube em Casa